Auto-retratos | Self portraying

Saturday, March 4, 2017SilverTree

Março 2017


Há já algum tempo que tenho vontade de voltar aos auto-retratos, mas continuo a adiar o momento. Foi algo com que experimentei muito nos meus vinte e poucos anos, mas com o tempo tornei-me muito reticente em relação ao que partilho. Há uma linha tão fina entre sensibilidade e dramatismo, auto-expressão e egocentrismo, partilha e sobre-exposição. E no entanto essas experiências foram tão importantes para me ajudar a controlar a falta de amor próprio, a solidão, e até um coração partido.
Hoje volto a sentir a necessidade de me efabular e aí vou eu, de novo pelo meu silver side.

I've been meaning to return to self portraits for so long, but I keep postponing it. I've played around with selfportraying quite a bit in my early twenties, but I've grown more cautious about what I share. There is such a thin, thin line between sensibility and drama, self-expression and vanity, sharing and over exposing. Yet in the past it has played an important role in my life, helping me deal with lack of self confidence, loneliness and even heartbreak. Now once again I feel the need to fabulate myself, so here I go again into my silver side.

You Might Also Like

0 comments

Popular Posts

Contact Form